No mês de outubro, as campanhas de prevenção contra o câncer de mama ganham força devido ao movimento conhecido como Outubro Rosa. 

Acompanhe essa postagem da Doutor THEO Clínicas Médicas no Rio de Janeiro para saber mais sobre essa importante ação.

Objetivos e História do Outubro Rosa

O Outubro Rosa é um evento conhecido mundialmente para criar conscientização para os perigos do câncer de mama e para a importância da prevenção e do diagnóstico precoce.

A ação começou nos Estados Unidos. Várias unidades isoladas faziam campanhas de conscientização e prevenção em outubro dando informações sobre a doença e sobre  mamografias. Posteriormente, com a aprovação do congresso, o mês se tornou o mês oficial de conscientização e prevenção contra o câncer de mama.

A história do Outubro Rosa data da década de 1990, quando o laço cor-de-rosa idealizado pela Fundação Susan G Konen for the Cure foi distribuído para os participantes durante a “Corrida pela Cura” na cidade de Nova Iorque em 1990. Desde então, a maratona acontece anualmente.

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi, ambas na Califórnia, começaram a fomentar ações voltadas para a prevenção, denominando a campanha de Outubro Rosa. As ações eram e ainda são direcionadas à conscientização e ao diagnóstico precoce do câncer de mama. No início, para sensibilizar e chamar a atenção da população, decoravam-se as cidades com laços rosas, em especial, locais públicos. Com o tempo, foram surgindo outras ações, como desfiles de moda com as sobreviventes, outras maratonas, partidas de boliche e etc.

Formas de prevenção do câncer de mama

Quanto mais cedo for diagnosticado o câncer de mama, maiores as chances de cura e sobrevivência. Além disso, com um diagnóstico precoce, pode-se ter a opção de um tratamento com terapia hormonal que é menos agressivo do que a quimioterapia. Mas para isso, é importante tomar alguns cuidados.

É recomendado que mulheres façam o exame de mamografia a partir dos 40 anos. Mantendo uma rotina frequente e não tendo aparecido nenhum sinal do tumor, o médico pode diminuir essa frequência depois dos 70 anos.

É importante também manter uma rotina regular de checagem médica. Especialmente as mulheres que apresentam outras patologias. A presença de doenças no organismo dificulta o tratamento do câncer de mama.

E não esqueça do básico: tenha uma alimentação saudável, pratique exercícios, evite tabagismo e também a ingestão de álcool. 

A DOUTOR THEO Clínicas Médicas no Rio de Janeiro é especialista em cuidados com a  saúde feminina e possui médicos interessados em cuidar da saúde dos pacientes para mantê-los livres das doenças. Acesse o site.