Estamos no mês do Outubro Rosa, uma campanha para a conscientização e prevenção contra o câncer de mama. 

Como a ideia principal dessa ação é difundir informação, a Doutor THEO, Clínicas Médicas no Rio de Janeiro, explica um pouco mais sobre o mamógrafo, aparelho de suma importância na detecção precoce do câncer de mama.

A principal função do exame de mamografia

A mamografia é um exame para identificar tumores na mama de maneira precoce. Ele é essencial para um tratamento menos invasivo e para maior chances de cura, caso o câncer de mama seja detectado.

A vantagem da mamografia sobre o exame de toque é que ela identifica o tumor ainda no início, com menos de um centímetro. Para que o caroço seja palpável no exame de toque, o tumor precisa ter pelo menos três centímetros, o que já é considerado grande.

Em tumores com menos de dois centímetros, muitas vezes, a quimioterapia não é necessária, apenas a cirurgia para a retirada do tumor já é o suficiente. Por isso, é importante que mulheres a partir dos 40 anos façam a mamografia com frequência.

O Mamógrafo

Mamógrafo é o aparelho utilizado para a realização da mamografia. Ele pode ser digital ou convencional. 

Na mamografia feita com mamógrafo convencional, não há presença de computador, a revelação é feita de maneira tradicional com produtos químicos. Já a mamografia digital é realizada com o auxílio de um computador e, com isso, as imagens ficam gravadas de forma digital, ganhando um melhor aproveitamento.

Como funciona o mamógrafo

A mamografia é uma radiografia da mama. Por isso, é um procedimento simples e indolor, mas com algum incômodo. 

No mamógrafo, o seio é colocado entre duas placas que emitem raios x, criando imagens radiológicas. Caso a mamografia identifique um tumor, é necessário confirmar o resultado com uma biópsia.

O mamógrafo me expõe à radiação?

Sim, todo exame radiológico possui radiação, é inevitável. Com a mamografia não seria diferente.

No entanto, o mamógrafo emite níveis muito seguros de radiação para a paciente. 

Para se ter uma ideia, o nível de radiação dispensado pela mamografia é de 0,7 mSv, o que equivale a três meses de exposição ambiente. Por esta razão, a mamografia é um exame confiável e seguro para o rastreamento do câncer de mama, além de ser importante na redução da mortalidade pela doença, conforme apontam diversos estudos.

Algumas dicas para a hora do exame de mamografia

  • Use roupas confortáveis, mas evite vestidos. Dê preferência para duas peças, assim, você pode tirar apenas o top na hora do exame;
  • Não use talco, desodorantes, ou loção nas axilas no dia da mamografia;
  • Evite fazer a mamografia durante a semana anterior ao período menstrual.

A DOUTOR THEO Clínicas Médicas no Rio de Janeiro é especialista em cuidados com a  saúde feminina e possui um dos mais modernos mamógrafos do Brasil, que é capaz de entregar resultados em até 24 horas, além de ser certificado pelo INCA. Nossos médicos estão interessados em cuidar da saúde dos pacientes para mantê-los livres das doenças. Acesse o site.