O Câncer de mama já matou mais de dezesseis mil mulheres no Brasil em 2017, segundo números do Instituto Nacional do Câncer (INCA). A mamografia é ainda a maneira mais eficaz de prevenir a doença que, apesar de atingir majoritariamente mulheres, também pode acometer homens.

A clínica Dr. Theo fala um pouco mais sobre o exame nesta postagem. Acompanhe com a gente.

O que é o câncer de mama?

O câncer de mama é causado por uma multiplicação desordenada de células nos seios, formando um tumor. O INCA estima que o Brasil deve ser acometido por mais de sessenta mil casos em 2020.

A doença apresenta comportamentos distintos e, por isso, pode evoluir de maneiras diferentes. Alguns tipos de câncer de mama podem se desenvolver de forma mais rápida, enquanto outros crescem mais lentamente.

É importante saber que este tipo de tumor também acomete homens, apesar de o número representar uma minoria, apenas 1% do total de casos da doença.

Mamografia

A mamografia é uma radiografia dos seios para ajudar na detecção de indícios de câncer de mama antes do nódulo ser formado, sendo fundamental para se chegar a um diagnóstico. 

Apesar de sua importância, é bom lembrar que este é um exame complementar e não substitui o ultrassom, nem o autoexame, essencial como preventivo para identificar anormalidades nos seios.

A mamografia apresenta um excelente custo benefício para detecção deste tipo de câncer e é recomendado que se faça, pelo menos, uma vez ao ano, sobretudo, por mulheres a partir dos 39 anos ou por quem apresenta histórico da doença na família, assim como para mulheres com tecido mais gorduroso nas mamas ou em fase pós-menopausa. Isto pode reduzir consideravelmente a mortalidade pela doença em mulheres acima de 40 anos.

A redução dessa taxa se dá porque o diagnóstico precoce dos nódulos formados pelo crescimento desordenado das células aumenta as chances de cura. Além disso, o tratamento clínico e cirúrgico na fase inicial da doença possibilita uma abordagem menos agressiva, o que pode evitar, inclusive, a mutilação.

Tipos de Mamografia

Mamografia de rastreio – é um exame de rotina. Realizado para procurar sinais de câncer de mama em mulheres assintomáticas. Uma comparação entre o resultado do exame mais recente com exames anteriores é feita pelo médico para que se possa travar um histórico de alterações em alguma das mamas.

Mamografia de diagnóstico – esse tipo de exame é realizado para investigar alguma suspeita de câncer de mama. São usadas imagens de alta qualidade para auxiliar o médico a diagnosticar pequenos tumores ainda imperceptíveis durante o exame de toque (autoexame).

Caso precise realizar sua mamografia, procure a clínica Dr. Theo. Estamos prontos e equipados para receber você de forma acolhedora com o melhor grupo de médicos da cidade do Rio de Janeiro. Acesse nosso site.